sábado, setembro 17, 2005

COMO SE RECONCILIAR COM DEUS

.

João Cruzué


Há 36 anos venho servindo a Jesus Cristo, Senhor da minha vida e Salvador da minha alma. Isto me levou a escrever para você que anda à procura de um Deus, que lhe traga paz e o/a ajude em meio às difilcudades grandes e pequenas, dolorosas e pesadas que a vida em alguns momentos traz para todos. Quero lhe ajudar SUGERINDO como dar alguns passos para uma reconciliação verdadeira com o Senhor. Meu objetivo, é que você encontre o caminho que ainda não achou.


DEZ PASSOS PARA SE RECONCILIAR COM DEUS:


O Primeiro passo para se aproximar-se de Deus é a FÉ. A Fé vem pelo ouvir a palavra de Deus. Diga-me: como ela soa ao s seus ouvidos? Ela é interessante, lhe parece digna de crédito ou é algo que não lhe traz nenhum interesse? O modo como se encara as coisas sagradas é a chave da reconciliação. O modo profano despreza tudo que é Deus e se afasta do caminho. Quando alguém tem interesse pelas coisas santas torna-se agradável a Ele.

Considerando que as coisas santas lhe atraem, saiba que Deus se deixa achar por aqueles que o buscam. Há coincidência de interesses. Tomemos como exemplo bíblico o chefe dos fiscais da cidade de Jericó, em Lucas capítulo 19. Zaqueu queria apenas ver Jesus, mas acabou recebendo o convite Dele para uma visita inesperada, em sua casa. A um desejo sincero da parte humana sempre corresponderá a boa vontade de Deus. Uma coisa está estreitamente ligada à outra.

Religião não é a mesma coisa que Deus.

Saulo de Tarso antes de sua conversão era um jovem religioso de uma formação teológioca máxima. Era zeloso
mas, estava na direção errada. Ele pensava estar agradando a Deus, perseguindo e matando os cristãos. Ele tinha interesse em ser fiel a seu Senhor. Mas não sabia que estava no caminho errado, pois estava servindo a uma religião pensado que servia a Deus. Por causa da sua sinceridade de coração, Deus não o deixou no erro, chamando-o de uma maneira singular: O Senhor o derrubou do cavalo em meio à poeira do deserto. Ficou cego para poder ver. Compreendeu sua situação, que ele estava perseguindo o verdadeiro povo de Deus a mando do Judaísmo. Arrependeu-se e buscou a reconciliação com Cristo
.


O segundo passo para sua reconciliação é aceitar Jesus como Senhor e suficiente Salvador. Assim diz na Bíblia, a Palavra de Deus, no evangelho segundo João 1; 11 e 12: Ele (Cristo) veio para os seus, mas eles não o receberam. Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o direito de se tornarem filhos adotivos de Deus Pai quando aceitam sinceramente a seu filho Jesus Cristo.

O terceiro passo é o arrependimento. Um lavadeira arrumou um trouxa muito grande de roupas sujas e desceu para o riacho. Lá, muitas outras já estavam trabalhando. Com vergonha de mostrar a sujeira das suas roupas, entrou lá no meio do riacho e afundou a trouxa nas águas. Molhou-se toda ao levantar aquele fardo molhado e pesado, e voltou para sua casa.As roupas foram lavadas? decerto que não. Ela deveria esfregar cada peça com sabão até não ficar nenhum vestígio de sujeira. Da mesma forma se você quer se reconciliar com Deus, entre no seu quarto ou onde puder ficar a só. Ali, ajoelhe-se como se Deus estivesse presente. Conte a ele cada mentira, cada mágoa, cada ódio, seus maus costumes, palavrões imundos - não deixe nenhum pecado sem lavar.

O quarto passo é perdoar para ser perdoado- tendo feito a lavagem da confissão das suas iniquidades - peça perdão a Deus por tantas ofensas. Cuidado com as mágoas, elas são como correntes do diabo destruindo a vida. Cada mágoa perdoada é uma corrente quebrada. Livre-se das mágoas, sejam grandes ou pequenas. Ler Mateus 18; 23 ao 35. Um texto bíblico que fala de perdão dos pecados é I Carta de João capítulo 1 versículos 8 e 9.

O quinto passo é escolher uma Igreja para ir regularmente - hoje há muita dificuldade para se escolher uma Igreja. Mas elas são necessárias com são as maternidades. Em ambas nascem pessoas. A Igreja é uma instituição criada pelo próprio Jesus Cristo. Mesmo não sendo bem recebido ele ia todo ano adorar no templo de Jerusalém. Ninguém nasce sozinho em cima da grama, por consegüinte a Igreja existe para cuidar dos fiéis do Senhor.

Uma boa Igreja tem essas características: prega ab dos pecadoresertamente contra o pecado, não se mostra avarenta no trato com o dinheiro, seus membros dão bom testemunho perante a sociedade, ela ensina a buscar o batismo com o Espírito Santo. Ensina que a salvação é pela graça ( favor ) de Deus por meio do sangue de Jesus Cristo e que uma vez salvo há que se dar bom testemunho e praticar a justiça.
Ela não deve adorar imagens e esculturas porque isto é abominação a Deus e traz a miséria para dentro da família. Ela usa apenas Bíblia Sagrada como norteador de conduta moral.
O sexto passo é seguir uma vida de oração: orando em todo lugar, seja com palavras ou pensamento. Hoje isto é difícil? É! Às vezes passamos duas horas na net e não temos cinco minutos para o Senhor. É como se você deixasse seu melhor amigo no ostracismo. Sem uma palavra. Analise como está sua comunicação com o Senhor.
.
Orar é se comunicar com Deus: agradecendo, adorando, pedindo para si, pedindo em favor dos outros, orando para que o Senhor salve parentes, vizinhos, colegas de trabalho. Orando pelos missionários, autoridades póliticas. A Bíblia ensina assim.
.
O futuro da sua vida, é você que tem o poder de decidir. Se o seu relaciomento, sua comunicação com Deus for boa - você será muito feliz e abençoado(a). Seu futuro está nas suas própias mãos. Se você for sincero(a) com ele: ele trabalhará para abençoar você, sua casa, seus estudos, ele vai cuidar de você como um(a) filho(a) querido(a). O Salmo 37 você deve ler ainda hoje.

Nas causas mais difíceis - jejuar, isto é deixar de comer alimentos sólidos e tomar líquidos ( não há necessidade de evitar água - a não ser em jejuns curtos). Tanto Paulo como a rainha Ester, diante de uma causa e problema muito difícil praticaram o jejum completo de três dias. Alimentos somente depois de 72 horas. Água pode.

Se nunca jejuou antes, comece apenas com um dia. Pode ter dor de cabeça. Use um medicamento. Nosso corpo reage com mudanças bruscas. Só jejue por causas JUSTAS ( saúde, perseguições, necessidades graves ). Jejum não é mágica. Se não for dentro da vontade do Senhor - não trará resultado algum. Fazer jejum por causas egoístas e malvadas é pecado grave.

Particularmente quando fui orar para certa pessoa com câncer e também para Jesus batizar os crentes da Igreja que cuidava, exercitei o jejum de três dias. Contudo, o jejum só funciona dentro da direção do Espírito Santo. Também já fiz o mesmo tipo de jejum por uma pessoa e não houve cura. Tudo tem que ser da vontade do Senhor. Se jejua por uma necessidade justa. Por costume e desejos egoístas, não!
O sétimo passo é procurar ansiosamente aprender a palavra de Deus. Estudando a Bíblia, freqüentando regularmente todos os cultos da Igreja, indo a Escola Dominical onde há bom ensino. O tempo que passamos aprendendo a palavra de Deus é precioso porque estamos em contado com Deus. Mas que ninguém se tranque 24 horas em seu quarto para estudar a bíblia pois isso é falta de juízo.

O oitavo passo é ofertar a Deus de maneira sábia e com o coração alegre. Há três lugares, que conheço, na bíblia que diz para não comparecer diante de Deus com as mãos vazias. Ele não precisa de dinheiro. Mas sua Igreja sim. Todas outras instituições usam o dinheiro em suas causas. Nossa Igreja não pode, portanto, ser uma casa horrorosa e mal cuidadada. Por outro lado, cuidado com igrejas avarentas que pressionam os crentes com palavras persuasivas e até ofensivas mas, não estão nem aí com a vontade de Deus. Também tem os ímpios em cujo coração habita o maligno que adoram espinafrar os crentes zombando de suas contribuições na Igreja. O diabo e seus enviados não estão preocupados com você. Querem mais é que você seja infeliz e miserável como eles.

O nono passo é dar bom testemunho de fé pregando o evangelho aos não crentes sem se envergonhar de Cristo. Muitos há que ainda não aprenderam a palavra de Deus e já querem ensiná-la. Primeiro, é preciso ter alguma coisa para depois poder dar. Aquilo que se aprendeu corretamente é o que se pode ensinar. Deus chamou a todos para reconciliação. Distribuiu dons a cada um que chamou. É um absurdo ver nos dias de hoje tanto crente ocioso sem ocupação alguma na Igreja do Senhor. Quem não trabalha para Cristo está afastando o Espírito Santo do próprio coração. O desejo do Espírito Santo é que você se ofereça voluntariamente para fazer algo agradável ao Senhor.

Sem o Espírito Santo o cristão está desviado.

O décimo passo é o amor fraternal. Alegrar com os que se alegram mas também chorar com os que choram. Antes de comer, vestir, morar, ter um carro, um sítio, uma empresa, há que se importar com os que nada têm. Somos as mãos generosas de Deus aqui na terra. É vergonhoso ver algumas vezes os ímpios sendo mais cuidadosos do que alguns crirstãos. O amor é o vínculo da presença de Deus na vida do crente.

Muitos outros passos há - queremos finalizar incentivando você que chegou a ler até aqui a não descansar sua alma enquanto não receber a benção da salvação e o genuíno Batismo no Espírito Santo que traz uma alegria indizível a vida do novo cristão além de capacitá-lo para testemunhar do amor do Senhor Jesus Cristo.
Veja a biografia do Pastor. Willian Seymour, neste link Biografia para conhecer de onde veio o pentecoste do século XX que alcançou os nossos dias.

Se precisar de aconselhamento:
cruzue@gmail.com



.

BATISMO EM ÁGUAS


João não introduziu costume novo algum, quando batizava os seus discípulos no rio Jordão, pois que, entre os judeus, a imersão de todo o corpo, em água corrente, sendo possível, era um meio de limpar, em cerimonial, toda impureza (Is. 1.16).

Quanto ao batismo de Jesus, *veja Mt. 3.13 a 17, e referências. Além das cerimoniosas lavagens do corpo, havia, também, entre os judeus, o hábito de batizar os convertidos pergunta que lhe fizeram: ‘Então por que batizas, se não és o Cristo, nem Elias, nem o profeta?’ (João 1.25).
Eles não perguntaram: ‘Que novo rito é este?’ mas: ‘por que o administras tu?’ o batismo de prosélitos era, para os judeus, coisa natural, visto como consideravam impuros e imundos todos os gentios.

Na devida administração do batismo cristão a lavagem tornou-se o sinal da purificação da alma. Quando um gentio se convertia ao Judaísmo, era necessariamente batizado, porque toda a sua vida anterior tinha sido ritualmente impura. O batismo cristão era sinal de purificação moral, ao passo que o de João Batista era intermediário entre o ato cerimonial dos judeus e o emblemático e espiritual dos apóstolos.

Mas quanto ao cerimonial necessário no ato judaico ou no ato cristão, a imersão não era essencial - não é provável que os 3.000 convertidos no dia de Pentecoste fossem imersos, ainda que certamente o eram os discípulos de João Batista.
O batismo de João achava-se mais ligado às lavagens do cerimonial mosaico do que ao rito cristão. Ele próprio não pertencia ao número dos profetas, nem fez parte do colégio dos apóstolos. E, por essa razão, aqueles a quem João ou os seus discípulos batizaram eram outra vez batizados, quando se convertiam ao Cristianismo (Atos 19.1 a 5).

Aqueles que se arrependiam de seus pecados e aceitavam Jesus como Senhor de Suas vidas e Salvador de suas almas eram batizados em o nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo - conforme está escrito no último capítulo do Evangelho segundo Mateus. Mateus 28;19.

No Livro de Atos dos Apóstolos aparece o batismo só em nome de Jesus. O livro de Atos dos Apóstolos foi escrito por Lucas, que fora discípulo de Paulo. O Evangelho segundo Mateus foi escrito pela sua própria pessoa com base em Marcos , que por sua vez andou com Pedro.

A fórmula não define a salvação. Uma coisa porém é certa: o sangue de Jesus é o meio genuino que lava os pecados dos arrependidos e os liberta do poder de continuar pecando. O sangue de Cristo lava e purifica. A água é apenas um símbolo que lava a sujeira. IPedro 1;19 e IJoão 1;7.

O agente purificador não é a água - é o sangue de Cristo. Outra coisa: uma vez batizados no batismo ordenado por Jesus - não se torna batizar de novo, e de novo, até a pessoa parar de pecar. Batiza-se cristãos já arrependidos, salvos e libertos do pecado.

Se alguém continuar escravo dos vícios e do pecado depois que se batizar - é porque não houve arrependimento ainda. Enquanto não houver uma transformação por dentro não haverá água que baste. Um desperdício.

O batismo é para os cristãos já salvos e libertos do poder do pecado, razão pela qual Pedro, em Atos dos Apóstolos, ensinou: Arrependei-vos e depois sejam batizados. Atos 2;38. E, em outro lugar disse: Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados... Atos 3;19.

Uma Igreja que tem como fundamento o ensino apostólico não deve enganar ninguém. Ao arrependimento verdadeiro ( pelo testemunho ) segue-se o batismo nas águas, e ao batismo nas águas segue-se o Batismo no Espírito Santo.

cruzue@gmail.com


SEIS PASSOS













.

Disse Jesus: “ Eu sou a ressurreição e a vida; quem crer em mim, ainda que esteja morto,
viverá”
Evangelho São João 11:25.

Cristão é aquele que crê e segue os mandamentos de Cristo; em qualquer situação que você estiver, se tiver a coragem de aceitar Jesus, com certeza o mesmo Jesus vai lhe ajudar a vencer as dificuldades – grandes e pequenas – da sua vida.

Foi o mesmo Jesus que também falou: “Vinde a mim, todos os que estão cansados e oprimidos e eu os aliviarei”.


O primeiro passo para uma vida vitoriosa é aceitar JESUS.

O segundo passo para ter uma vida vitoriosa é conhecer e entender a vontade de Deus para sua vida. Só existe um caminho para isto: ler a Bíblia sempre e fazer um curso bíblico adequado, para compreender os segredos bíblicos. Jesus disse: “A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida”.

O terceiro passo para uma vida vitoriosa é adquirir o hábito da oração nas suas várias formas: ação de graças, petição, intercessão, clamor etc., e também aprender sobre o jejum. Oração e Jejum são duas armas que, se usadas de acordo com a vontade de Deus, derrubam qualquer muralha.

O Quarto passo é a conversão verdadeira. O abandono sincero das más companhias, dos maus hábitos, da idolatria, dos vícios, dos palavrões, da prática da mentira, da avareza, do egoísmo, de qualquer tipo de prostituição, da sodomia; pois, aquele que aceita Jesus de coração tem força necessária para se libertar das correntes do pecado.

O quinto passo é produzir frutos para Cristo na vida cotidiana: trabalhando, esforçando-se, perdoando ofensas novas e antigas – condição imposta para ser também perdoado. O lugar de produzir frutos é no trabalho, na escola, na profissão, na família, na Igreja, no comércio etc. O fruto a ser produzido é: a alegria, a paz interior, a humildade, a paciência, persistência, o coração perdoador, a capacidade de ouvir conselhos, temperança de comportamento ( evitar os extremos ), o respeito as autoridades constituídas.

O Sexto
passo é buscar o batismo com o Espírito Santo verdadeiro. Ele é aquele que nos leva até Jesus, que nos aproxima de Deus, a voz que fala ao coração do cristão fiel. Um coração limpo e convertido é o templo do Espírito Santo. Ele não mora em um coração sujo. Quando Ele é convidado a entrar – a sujeira vai embora; e quando ela pouco a pouco está de volta, Ele também, na mesma proporção, vai se entristecendo, se apagando, vai saindo até o dia em que abandona definitivamente o ex-cristão.


O Espírito Santo é o guia, o conselheiro, a voz que dirige o cristão dentro da vontade do Senhor Jesus. Amizade íntima com o Espírito Santo é alegria, paz, poder para ganhar muitas almas perdidas, coragem para pregar a palavra de Deus, força para renúnciar as prática mundanas. Tudo com Ele – e nada sem Ele. Depois que Jesus subiu para o céu de glória, Ele foi enviado e está presente todo o dia conosco. A presença do Espírito Santo em nossa vida é a garantia de que quando Jesus voltar para buscar sua Igreja, estamos preparados e subiremos ao encontro dEle.
======================================
CRUZUE@GMAIL.COM

O NOME DO DEUS DOS CRISTÃOS


O mais antigo exemplo que se conhece do emprego da palavra Jeová, é do ano 1518 d.C., e é devido à má compreensão de um termo hebraico, cujas consoantes são Yhwk. Depois do cativeiro tinham os judeus tão grande respeito a este nome, que, na verdade, somente era usado, segundo algumas autoridades, pelo sumo sacerdote, uma só vez no ano, no dia da expiação.

Todavia, Yhwk ocorre muito freqüentemente na Sagrada Escritura - e por isso outra palavr
a, Adonai (Senhor), a substituiu na leitura em alta voz, e foi adotada pelos tradutores nas diversas línguas estrangeiras (em grego Kyrios - em latim Dominus). E desta maneira se perdeu a verdadeira pronúncia de Yhwk.

Quando, porém, foram acrescentadas às consoantes hebraicas (no oitavo e nono século d.C.) as letras vogais, as de Adonai foram dadas a Yhwk em vez das suas próprias. Por esta razão, se o primeiro ‘a’ fosse levemente disfarçado seria possível ler-se Yehowah - e foi isto o que realmente aconteceu.

Com estas vogais se pretendeu, tanto quanto possível, designar várias formas do verbo hebraico e sugerir assim, numa só palavra, Jeová, estas idéias: ‘o que será’, ‘o que é’, e ‘Aquele que foi’.

Embora isto seja pura imaginação, concorda com a frase que se encontra no Ap 1.4. Primitivamente, sem dúvida, Yhwk representava aquele tempo de um verbo hebraico que implica continuidade (o tempo chamado ‘imperfeito’), e com as suas vogais se lia Yahaweh ou Yahwek. A sua significação era provavelmente ‘Aquele que é’, ou ‘Aquele que será’, sugerindo plena vida com infinitas possibilidades.

Para isto há a seguinte explicação: Quando Moisés quis informar-se a respeito do nome de Deus, foi esta a resposta: ‘o Ente "Eu sou o que sou", "ou Serei o que serei", me mandou vir ter contigo.’ Este nome significa, então, o Ser que subsiste por Si, o qual proverá a respeito do Seu Povo.

Fonte: Dicionário Bíblico - www.blibliaonline.net/

If you read and like it, be aware HE loves you much more than you can expect.
Se você leu e gostou, fique certo de que ELE ama você muito mais do que imagina.


cruzue@gmail.com
===============================================================

BATISMO NO ESPÍRITO SANTO

Examine atentamente se você tem mesmo sede de Deus em sua vida.

.

SUA PROMESSA:
Joel 2: 28 ao 29
João 1: 32 ao 33
João 14: 15 ao 26
João 16: 1 ao 15
Atos 1: 8
Atos 2: 37 ao 39
.
SEU CUMPRIMENTO:
Atos 2: 1 ao 12
Atos 10: 34 ao 48
Atos 19: 1 ao 7
.
SUAS MUDANÇAS:
De......decepção
Lucas 24: 13 ao 21
João 21: 2 ao 3
.

Para...ousadia - II TIMÓTEO 1:7
Tanto os Díscípulos quanto Pedro achavam que o sonho tinha acabado.Decidiram voltar as atividades materiais anteriores e de uma forma
.
CONDIÇÕES PARA RECEBÊ-LO:
Atos 19: 2, Fé para aceitar que o Espírito Santo é uma pessoa real,
Atos 2: 38, isto é, arrependimento dos pecados e conversão dos maus caminhos,
Atos 2: 39, crer na promessa de que o batismo é para todos,
Atos 1: Esperar até receber - orando e jejuando.
.
PARA QUE SERVE O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO:
Para ter mais intimidade com Deus, para receber dons espirituais,
para ter alegria constante ( Ele é o Espírito da verdadeira alegria);
para estar na hora certa e no lugar certo para pregar o evangelho.
para orar bem.

envie perguntas para cruzue@gmail.com

CHAMADOS X ESCOLHIDOS


------------------------------------------------------------
" Porque muitos são chamados, mas poucos, os ESCOLHIDOS" texto em Mateus 22: 14.
.
O convite é feito a muitos, pela pregação do evangelho. Poucos são os que atendem ao chamado, poucos são os que se arrependem dos seus pecados,poucos são os que se convertem dos seus maus caminhos para crer em Jesus Cristo. Recebê-lo espontaneamente, pelo livre exercício da vontade, faz com que o chamado seja escolhido.
.
"Veio para os que eram seus, e os seus não o receberam, mas a todos quanto o RECEBERAM [ e ainda o recebem ] deu-lhes o poder de serem feitos [ eleitos ] filhos de Deus, isto é, aos que crêem no seu nome [ o Cristo, o Messias = o Enviado de Deus] " texto em João 1: 11-12.
.
" Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, O qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo,
.
Como também nos ELEGEU nele antes da fundação do mundo para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor e nos predestionou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito da sua vontade" texto em Efésios 1: 3-5.

.
Todos quantos ouvem a pregação do Evangelho são os chamados;
.
A seguir vêm dois caminhos: "Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; ( Mateus 7:13) e porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. ( Mateus 7:14).
.
São apenas duas portas. Duas decisões. No alto da porta estreita está escrito " TODOS ESTÃO CONVIDADOS A ENTRAR " os que ouvem o evangelho e entram por ela serão escolhidos, ou literalmente, os ELEITOS. A decisão de entrar é voluntária, isto é, da vontade de cada um.



Você já decidiu qual caminho vai trilhar?

cruzue@gmail.com

=================================================

A ORIGEM DO MAL


Por que Deus permite a operação do mal? Para este questionamento há uma resposta que somente pode ser aceita pela fé. Quem se aproxima de Deus com sinceridade vai entender isso.

O mal apareceu pela primeira vez em um querubim de Deus - Lúcifer,que perdera sua glória e foi sentenciado a perdição eterna num lugar chamado Terra. Examinar no livro de Ezequiel capítulo 28: 11 ao 19. Em seguida, no capítulo 12 de Apocalipse 7 ao 10.

No livro de Jó, o diabo aparecia diante de Deus, no céu,para fazer acusações gratuítas contra as pessoas. Quando Deus perguntou sobre Jó, as respostas sempre foram acusações. Em Apocalipse 12 e 10 podemos ver que ele perdeu este acesso.Jó, em nenhum momento, descobriu a causa de suas desgraças.

No entanto o diabo esteve, embora oculto, sempre atuante. Primeiro acusando Jó diante de Deus; depois destruindo suas posses, matando seus filhos, colocando uma doença nele. Usando pessoas para falar coisas terríveis - sua esposa e seus falsos amigos - para derrubar de uma vez por todas o que restava em Jó: a sua esperança e confiança no Senhor seu Deus.

O diabo também agia pela mão e língua de outros. Sempre camuflado.


Deus deu permissão ao diabo para ir até certo pontona sede de destruir um homem reto, temente a Deus e que se desviava do mal. Por que? O diabo tinha ódio da fidelidade de Jó para com Deus; não só de Jó, mas de todos os fiéis em todo tempo.

Jesus definiu os objetivos do diabo em João 10:10," O ladrão não vem senão para roubar, para matar e para destruir. "Na segunda parte do versículo, para nossa segurança, também está escrito: " Eu vim para que tenha vida e a tenham com abundância. Ler também 1 Carta de João capítulo 3: 8.

Pelo plano de salvação que Deus elaborou antes da fundação domundo, no dia do Juízo Final, o diabo será lançado no lago defogo e enxofre onde, dia e noite, será atormentado eternamente.Livro de Apocalipse 20: 10.

A FIDELIDADE A CRISTO É A SEGURANÇA DO CRENTE CONTRA O DIABO.

ESTUDO SOBRE O NAMORO -1

----------------------------------------------------------------

COMO ESCOLHER
UM AMOR
QUE DURE PARA SEMPRE.



Para cristãos solteiros
------------------------------------------------------------------
Amor a primeira vista? Talvez.Namorar bastante até achar a pessoa certa? Confuso.Casar com um namorado da infância? Não!

O QUE FAZER ENTÃO?

Deixe o SENHOR escolher o seu par.Faça prova com ele, como Gideão fez. Espere por SUA resposta. Não saia correndo atrás de profecias, porque isto vai deixá-lo(a)completamente perdido(a).

Espere secretamente. Se você ama de verdade o seu SENHOR fique certo: ELE tem o seu grande amor e vai apresentá-lo a você - se - você pagar o preço da paciência.

Você seria capaz de amar alguém a quem o SENHOR escolheu para você? Ou essa escolha é apenas sua e Deus deve ficar de fora?

Onde está o grande risco? Mas se você sabe que ELE tem as respostas - confie NELE!


Eu fiz assim; eu A amo; é por isso que posso também lhe ensinar assim.

AS TRÊS FACES DE DEUS.


DEUS DE MILAGRES
O Famoso Pastor David Wilkerson escreveu em um livro uma parte do seu testemunho mais ou menos assim:"...Houve um tempo, no começo de meu ministério que tudo o que eu pedia a Deus, Ele me respondia. Eu me sentia ótimo.Maravilha!

DEUS COMO SENHOR continuando ele: "... Depois de grande sucesso e respeito ministerial, também chegaram dias bem diferentes: Tudo que eu pedia o SENHOR não respondia mais. Eu fiquei muito desapontado e confuso. Cheguei mesmo a achar que tinha um pecado escondido na minha vida."

DEUS COMO PAI -terminando: "...Então eu orei zangado com Deus: " Pai, se tudo o que peço eu não recebo mais, o meu minstério vai por água abaixo! Lembra, Senhor, de quando aquilo que eu pedia o Senhor respondia bem na hora? Do jeito que está hoje, minha fé só está afundando..."

Então, depois de um longo silêncio de Deus, e por causa da última oração o Senhor finalmente falou bem no fundo da minha alma: Filho, quando oravas e recebia resposta imediata, não tinhas fé, pois, não precisavas dela. Então para corrigir isso deixei aparentemente de te ouvir. A tua fé cresce,justamente, enquanto espera em mim pela resposta."

CONCLUSÃO : No começo da vida cristã, o Senhor nos alimenta com a fé nos incentivando a prosseguir.

Depois, já mais grandinhos, ele para com alimento antigo ( as mamadeiras), e aí, desnorteados, confusos, ficamos em crise existencial. Ele está então agindo como SENHOR. Nem tudo o que pedimos é da vontade Dele, ou a resposta virá mais tarde no tempo apropriado.

Finalizando: Para corrigir maus hábitos adquiridos durante a vida cristã, quem sabe más interpretações da sua palavra - Ele atua como PAI corrigindo nossas atitudes e maneiras infantis de pensar.

A Bíblia Sagrada está cheia de homens que tiveram as mesmas experiências que o Pr. Wilkerson.

CERTAMENTE SUA VIDA ESPIRITUAL PASSA POR ESTAS FASES